2020
jan
30
Geral

FICR celebra parceria com instituição internacional

A FICR – Faculdade Católica Imaculada Conceição do Recife firmou uma parceria com a Brazilian Endowment For The Arts – BEA, uma organização sem fins lucrativos localizada em Manhattan que se dedica à promoção as artes e cultura brasileira nos Estados Unidos.

A assinatura do protocolo de intenções entre as duas instituições aconteceu nesta quarta-feira, na FICR. O termo de cooperação visa fomentar a realização de projetos conjuntos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão; realização de eventos científicos; intercâmbio de professores, pesquisadores, técnicos e estudantes; e publicações e divulgações de mútuo interesse.

Para o presidente da BEA, José Domício Coutinho, o convênio será uma grande oportunidade para ambas as partes. “É uma grande satisfação realizar esta parceria. Agora somos a linguagem e o corpo da FICR em Nova Iorque e vice e versa. Será muito bom oferecer essa oportunidade à juventude”, comentou.

O coordenador do Núcleo de Internacionalização da FICR, Pedro Spindola, acredita que o protocolo abre possibilidades importantes, que são fundadas na essência das duas instituições: o humanismo. “A FICR dá um grande passo rumo à Internacionalização. O acesso ao mundo, sabemos, está aí, hoje tudo é conectado. Mas canalizar e construir pontes para aumentar o potencial deste acesso, aprimorando-o a propósitos e características específicos, é digno de atenta consideração”, disse Pedro.

A BEA possui uma biblioteca brasileira em Nova Iorque com mais de 6.000 títulos e já promoveu eventos como o Encontro Mundial de Brasileiros no Exterior e uma Conferência sobre Joaquim Nabuco.

De acordo com o diretor geral da FICR, Leandro Cerutti, esta parceria traz novas possibilidades para estudantes e professores da instituição.  “Em tempo de ressignificação de fronteiras, parcerias que incentivem a interlocução entre diferentes povos e suas manifestações culturais é fundamental. Para tanto, é importante parcerias como a que a FICR está intencionando junto a BEA. Essas, oportunizam a todo corpo acadêmico um apoio no diálogo e aproximação como o outro, seus debates, expressões, significados e vivências. É um diferencial da FICR e, ao mesmo tempo, uma necessidade para os tempos atuais”, afirmou.

Publicado por gabriela ribeiro

Notícias Recentes

27 março 2020
Situação financeira dos estudantes durante o Coronavírus
18 março 2020
FICR abre processo seletivo para bolsa-auxílio do Santander
17 março 2020
FICR suspende as aulas até o dia 31 de março